Expertise – Sound Design

16:58 | 15/11/2021

“Expertise”, a nova rúbrica da ETIC_Algarve que vai tirar-te da dúvida, da hesitação e do desconhecimento e inspirar-te a dar os primeiros passos rumo à ação e produção criativa.

Vamos partilhar conteúdo útil e pertinente, desenvolvido pelos nossos formadores, sobre sugestões e truques que são importantes para o teu processo criativo nas áreas de Design, Fotografia, Som & Música, Vídeo, Videojogos e Web & Comunicação.

Caso tenhas alguma sugestão para algum tema, truque ou ferramenta que gostasses de ver esclarecida ou abordada, envia para marketing@eticalgarve.com que teremos todo o gosto em “inspirar-te”para a ação!

SOUND DESIGN – VIDEOJOGOS

O conceito de Sound Design representa o desenho de som é, por isso, o processo de concepção sonora de um filme, jogo, de uma publicidade, ou de qualquer outra obra. Já o sound designer é o profissional responsável que participa no processo criativo de todas as etapas que levam à construção de uma narrativa sonora, desde a fase de pré à pós-produção.

Neste artigo ficarás a conhecer fases essenciais que te ajudarão a aplicar o Sound Designer na construção de um Videojogo, desde o inicio do desenvolvimento do projeto, passando pela etapa da criatividade até à implementação.

1. Pensar no Som Desde o Início do Desenvolvimento

Muitas vezes o áudio para um videojogo é, infelizmente, deixado para as fases finais de desenvolvimento. Visto que um jogo terá sempre de ter algum som, deixar o mesmo para o fim levanta sérios problemas de logística e organização, bem como problemas técnicos de memória e gestão de recursos do jogo.
Lembrem-se de considerar o áudio desde o início do processo e adicionar desde cedo sons (mesmo que temporários) de maneira a terem uma melhor ideia da direção de som do jogo e dos recursos que o áudio está a consumir.

Um jogo é tão bom quanto a sua pior parte, pelo que descurar a parte do áudio é prejudicar todo o potencial do jogo.

2. Criatividade > Material

Não é necessário terem microfones topo de gama ou bibliotecas de som AAA para criarem áudio para um jogo. Equipados com o microfone do vosso smartphone, algum conhecimento base de edição de som e um pouco de criatividade, qualquer som está ao vosso alcance!
Para efeitos de edição, softwares como o Reaper ou Audacity têm uma curva de aprendizagem bastante suave permitindo que rapidamente consigam gravar, editar e integrar áudio no vosso projecto.
Videojogos são uma área criativa por definição, não deixem que a falta de equipamento X ou Y vos desencoraje de experimentarem e criarem áudio para o vosso jogo.

3. Implementação é Extremamente Importante

Qualquer sound designer para videojogos tem a seguinte história:

  • Antes de integrar o som no jogo: “Este é o melhor som que alguma vez fiz na minha vida e sou um deus de sound design!”
  • Depois de integrar o som no jogo: “Será que ainda vou a tempo de trocar de profissão?”

A realidade é que um som pode soar completamente diferente antes e depois de implementado dentro do motor de jogo. Ver o som a ocorrer ao mesmo tempo que a ação é incrivelmente importante e pode alterar por completo a percepção que se tem do mesmo. Quando produzirem algum asset de som, integrem-no no jogo assim que possível! Não se esqueçam que, no contexto de um jogo, um asset de áudio nunca toca sozinho. Uma vez que podem tocar 3, 10, ou 50 ao mesmo tempo, é muito importante ouvir tudo em contexto e perceber como os diferentes trechos de som interagem entre eles. Depois de os sons estarem integrados, realizam um processo constante de ouvir e iterar até chegarem a um resultado satisfatório.

Author:

Author:

Article Categories:EXPERTISE

More articles in this category:

No Results Found

The page you requested could not be found. Try refining your search, or use the navigation above to locate the post.

Authors:

Do you have
any questions?

Do you want to
meet the school?

SHARE
SHARE